domingo, 14 de dezembro de 2014


..
O TCC!


A todos que, assim como eu, sobreviveram ao Trabalho de Conclusão de Curso, o temido TCC: meus parabéns! O nervosismo, a ansiedade e o medo são inevitáveis, e talvez essenciais para que o trabalho seja bem executado e apresentado.
E o alívio após a defesa é algo imensurável, diga-se de passagem rsrs
Todos vocês são vencedores por terem chegado até aqui, e com maturidade terem encarado uma banca, com elogios e críticas que com toda certeza farão de você um profissional melhor.
Mais uma vez, parabéns! Agora é só partir para a FORMATURA!


Que tal compartilhar a experiência do TCC com mais pessoas? Conte-nos sobre o seu tema, como foi a banca, e mande o seu resumo para publicarmos aqui no blog! 
0 comentaram

sábado, 29 de novembro de 2014


..
Com Você, Pela Vida - Canceronas Brothers vs. System Immune Boys

Há 3 anos atrás, quando comecei a estudar bioquímica, encontrei o Rap doPiruvato, um vídeo feito por estudantes de biologia, muito divertido que virou sucesso no Youtube. O vídeo é SENSACIONAL! Não bastasse a criatividade e inteligência para o vídeo do Piruvato (e tantos outros), o biólogo Pavel Popoff, criador do Canal Piruvato, gravou no ano passado um vídeo sobre o câncer para a Fundação do Câncer. E é incrível! Tem boy bands e tudo! Confiram:

0 comentaram

segunda-feira, 24 de novembro de 2014


..
Um pouco de criatividade, e voilà!

Recebi pelo facebook um vídeo muito bacana postado pela Marcella Furtado. Ela tem um canal no youtube chamado Diário de Marcella. E o seu vídeo mais recente foi um DIY de como fazer uma lembrancinha um tanto quanto inusitada: hemácias no potinho. A ideia é divertida, e valeu pela criatividade! 


0 comentaram

domingo, 23 de novembro de 2014


..
Medicina nuclear: entenda como funciona o cíclotron

Conheça a história da medicina nuclear, e como são produzidos os elementos radioativos emissores de pósitrons para o diagnóstico no PET.

0 comentaram

quinta-feira, 20 de novembro de 2014


..
Conheça a Salus Consultoria


Biomédicos empreendedores trabalham voltados para o mercado desde a graduação e desenvolvem características que unem empreendedorismo empresarial e gestão administrativa, o que pode acarretar no gerenciamento de seus próprios laboratórios ou na montagem de empresas inerentes as suas habilidades desenvolvidas durante suas graduações. Os profissionais que embarcam nessa carreira visionária ficam atentos à evolução do negócio para absorver os pontos-chaves e se destacar no mercado competitivo, se tornando um profissional na área de saúde diferenciado no mercado e com os olhos voltados a um horizonte mais distante.
Assim, apresentamos a Salus Consultoria, Empresa Júnior de Biomedicina da Universidade Estadual de Maringá, sendo a 2ª Empresa Júnior fundada no Brasil e a primeira da região sul do Brasil. Mas, o que é uma Empresa Júnior? É uma associação civil sem fins lucrativos e com fins educacionais formada exclusivamente por alunos do ensino superior.  Uma organização cujo objetivo primário é formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o país.
 A Salus, hoje, é uma empresa que oferece como serviços Treinamentos em Boas Práticas de Manipulação do alimento e Elaboração do Manual da qualidade, e ao longo de 2014 desenvolveu vários projetos com um foco socioeducacional. Dentre eles podemos destacar: Salus Educa: Combate a Infecção Hospitalar, Projeto Impacto, com campanhas simultâneas de arrecadações (alimentos, produtos de limpeza e higiene, brinquedos, roupas, livros, entre outros), Salus Cuida, no qual alertamos sobre os cuidados básicos com saúde, 1a Ação Universitária Empreendedora (AUEMP) e também treinamentos relacionados com a área de atuação da empresa, Boas práticas de manipulação (BPM) e Elaboração do Manual de Qualidade.

“Nós acreditamos no Movimento Empresa Júnior, e temos a clara certeza que estamos nos tornando pessoas muito mais competentes e responsáveis no cuidado com a Saúde.” – Luana Gabriela Pereira de Araújo, Presidente da Salus.

(Texto: Salus Consultoria)
0 comentaram

..
Parabéns a todos nós!


0 comentaram

..
Heróis anônimos - Dr. Jeffchandler


Certa vez, o citopatologista Fabio de França Martins escreveu que os biomédicos são “heróis anônimos, que brilham nos bastidores, criando scripts e roteiros de amor à vida”. Inspirados nesta frase, lançamos aqui no Biomedicina em Ação uma série de entrevistas e homenagens a grandes heróis da Biomedicina.
Nada melhor do que começar essa série neste dia 20 de novembro, e com um grande profissional, que sempre lutou pela profissão e incentivou a todos nós: Dr. Jeffchandler. Confira a entrevista!

0 comentaram

quarta-feira, 19 de novembro de 2014


..
Palestras UNIP e Colégio Técnico Bento Quirino


No dia 07 de novembro, a convite a Supervisora de Estágio do Curso de Biomedicina da Universidade Paulista, Jessyka Farrah, estive palestrando sobre dois temas aos alunos que estão concluindo este semestre o seu estágio.
Na terça-feira, dia 11, foi a vez de conversar com os alunos do 2º ano do Colégio Técnico Bento Quirino de Campinas, SP.
Agradeço aos convites e a atenção de todos os alunos. Foi uma ótima oportunidade para trocarmos experiências!


Obrigada a todos! 
0 comentaram

..
A Biomedicina no YouTube!


Internet é realmente a porta para o entretenimento, e também para o conhecimento. Já pararam para pensar o quão rápido as coisas acontecem na internet, e o quão fácil é o acesso a tudo o que você precisa? Tem alguma dúvida? Joga no Google, e voilà!
Hoje a comunicação se tornou muito mais fácil e rápida, e percebemos a atualização de todas as áreas do crescimento em frações de minutos. Na Biomedicina não foi diferente. Primeiro surgiram os blog, e aqui cito o “Biomedicina Padrão”, o pioneiro de todos eles. Depois, as páginas e grupos no facebook, como o “Vida de Biomédico” e “Biomedicina da Depressão”. De forma positiva, a Biomedicina está sendo cada vez mais reconhecida! Há quase 3 anos atrás, quando criei o Biomedicina em Ação, queria contribuir de alguma forma para esse crescimento, e fico muito contente em ver a dimensão que a Biomedicina tomou.
E agora, começamos a expandir os horizontes não somente com textos. O YouTube também está sendo tomado! Me dei conta do vasto conteúdo voltado a nossa área, de excelente qualidade. Muitos deles, feitos por biomédicos ou alunos de biomedicina. Resolvi então listar alguns destes canais do YouTube, para compartilhar com quem por ventura ainda não conheça, o excelente conteúdo que é produzido e que pode acrescentar muito na formação pessoal e profissional de todos nós!

0 comentaram

domingo, 12 de outubro de 2014


..
Texto informativo sobre o Ebola - por Raphael Rangel



O ebola é um vírus da família dos filovírus que surgiu às margens do Rio Ebola, no Zaire (África). É um vírus intracelular obrigatório e tem sua replicação dada por RNA. Quando a maioria dos vírus invade uma célula, eles começam a criar RNA para replicação. A célula hospedeira, percebendo a invasão, começa a ativar defesas antivirais para a replicação parar, ajudando o corpo a se livrar da infecção. Até então, tudo bem só que o vírus ebola mascara a replicação do RNA, fazendo com que a célula hospedeira não reconheça o intruso. Uma das razões pela qual a cepa do vírus proveniente do Zaire é tão mortal é que as células do hospedeiro não dão resposta imunológica quanto é invadida. Isso se dá através de uma proteína que o vírus possui chamada de VP35 não infecciosa, ela é responsável por toda essa “inativação imunológica” que ocorre numa célula infectada. Seu poder de replicação é muito rápido, por isso após a pessoa apresentar os sintomas morre em questão de dias.
O vírus é transmitido por sangue e secreções (suor, lágrima, saliva), ou seja, contato direto com o paciente. O vírus NÃO É TRANSMITIDO PELO AR, e é muito pouco provável que ele sofra uma mutação para que seja transmitido dessa maneira. Ao entrar em contato com o Vírus o organismo leva até 21 dias para manifestar os sintomas, durante esse tempo o vírus está em estado de latência se propagando silenciosamente (NESSE MOMENTO O PACIENTE NÃO É INFECTANTE), quando se dá o primeiro sintoma ele já está num estado avançado onde o sistema imunológico já não é eficaz (NO PRIMEIRO SINTOMA O PACIENTE SE TORNA INFECTANTE).
Os sintomas são classificados em três momentos. Primeiro momento causando febre, tosse, dores de cabeça e dores musculares, perda de apetite. Num segundo momento, ocorrem vômitos negros, diarreias, dores abdominais, inflamação na garganta e dores no peito. Por último, a doença atinge o estágio de hemorragia generalizada, causando sangramento dos órgãos internos, pele, nariz e boca.
A prevenção se da através de histórico clinico, se o paciente teve contato com alguém supostamente infectado ou esteve nas zonas de contaminação. O principal é não ter contato com alguém infectado.
O diagnóstico é através de PCR (reação em cadeia de Polimerase), para agilizar o diagnostico foram adquiridos no Brasil primerings para que seja feito em tempo real que inclusive, além de ser mais rápido, serve para monitorar o paciente porque mede a carga viral quantitativa, se está diminuindo ou aumentando. Resultado em até 4h.
Não há tratamento especifico para o Ebola, há um medicamento em teste que o ZMapp que já foi usado em 2 Americanos e curou 100% a doença e também curou 18 macacos porém, ainda se encontra em testes. O medicamento consiste na combinação de anticorpos monoclonais, ou seja, gerado pela clonagem de uma única célula sendo ela um linfócito B (único capaz de produzir anticorpo), esses anticorpos além de serem clonados são imortalizados e introduzidos através de um soro no organismo onde produz sempre o mesmo anticorpo contra o agente patogênico, nesse caso o Ebola.


Autor: Raphael Rangel
Universidade Castelo Branco
Saudações Biomédicas.
Att, Biomedicina da Depressão


Rio de Janeiro, 10/10/14
0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...